Gestão de tráfego em pequenos negócios

Você já sabe que o marketing digital pode ajudar a impulsionar os resultados do seu negócio, certo? Porém, já deve ter percebido que não basta um blog bonito e as redes sociais sempre atualizadas. Para que todo o trabalho traga resultados é preciso adotar estratégias, tais como uma eficiente gestão de tráfego. Com ela, é possível tirar o máximo proveito de suas presenças online. 

E se você não faz ideia do que estamos falando, vale a pena conferir este artigo. Boa leitura e boas vendas!

O que é a gestão de tráfego

O tráfego nada mais é que a audiência, o número de visitantes de um site, blog ou páginas de uma empresa.

Muitas pessoas estão na internet buscando por produtos e serviços e se você possui uma empresa e ela está presente na internet, você precisa que ela seja vista, ou seja, você precisa de tráfego.  E, quanto mais visitas, mais vendas.

Assim, a gestão de tráfego se refere à adoção de estratégias para atrair um número cada vez maior de pessoas para determinado endereço virtual.

Tipos de tráfego

Existe o tráfego orgânico, que vem de buscas na internet, é o número de pessoas que interagem com as publicações orgânicas do seu negócio nas redes sociais. Ele requer planejamento, produção de conteúdo e paciência para conseguir resultados.

Temos também o tráfego pago que é aquele que você paga para gerar por meio de campanhas de anúncios nas plataformas online. Também é necessário criar conteúdo de qualidade. No entanto, ele será entregue de forma mais direta para o público que você deseja realmente alcançar. E para isso, será preciso um investimento monetário em plataformas de tráfego para que seus anúncios apareçam para aqueles clientes em potencial.

O tráfego pago não tem tanta concorrência quanto o orgânico, podendo colocar o site da sua empresa em primeiro lugar na busca do Google. No entanto, para que você consiga um bom resultado com ele, é necessário conhecer os segredos que mencionamos no nosso artigo Tráfego pago para pequenos negócios: 5 segredos para aumentar suas vendas.

Além desses dois tipos de tráfego, nós temos:

  • Tráfego direto: o usuário acessa o seu site ou aplicativo ou rede social diretamente. Representa um grande indicador de branding e é muito valioso, já que é altamente qualificado.
  • Tráfego de referência: o usuário recebe o link para o seu site de outros sites ou perfis nas redes sociais. Também é altamente qualificado.
  • Tráfego de e-mail marketing: ocorre quando as pessoas clicam nos links recebidos no seu e-mail. É um dos mais difíceis de conseguir levar os usuários até as páginas da empresa. Porém, quando os leads forneceram os seus dados para receber esse tipo de conteúdo, as chances de conversão são altas.

5 vantagens da gestão de tráfego para os pequenos negócios

Uma boa gestão de tráfego oferece inúmeras vantagens para as empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte. E, entre elas, podemos destacar:

1. Aumento do ROI

O retorno sobre o investimento (ROI) é um dos indicadores mais importantes de qualquer empresa. E, quando combinado o tráfego orgânico com o tráfego pago, é possível aumentar o ROI de um negócio.

Isso acontece porque ambos os tipos de tráfego são complementares. Enquanto o tráfego orgânico traz resultados de médio e longo prazo, o pago é útil para a obtenção de resultados de curto prazo. Dessa forma, a empresa terá um maior equilíbrio no seu caixa.

2. Criação de uma audiência qualificada

Esse benefício é consequência de uma melhor segmentação do público da empresa por meio das ferramentas de tráfego pago. Assim, é possível classificar as pessoas de acordo com seus interesses, faixa etária, localização geográfica etc.

Isso significa que você terá menores chances de gastar seu tempo e dinheiro com leads irrelevantes.

3. Melhoria na reputação da marca

Uma gestão de tráfego eficiente fará com que sua empresa tenha grandes chances de aparecer nos primeiros lugares no Google e assim, conseguir uma maior visibilidade para os seus produtos ou serviços e se posicionar como uma autoridade sobre o assunto pesquisado, com o consequente aumento das vendas.

4. Aumento do número de leads qualificados

Um dos principais objetivos de qualquer empresa, independentemente do seu tamanho, é gerar leads, ou seja, cadastrar potenciais clientes. E a gestão de tráfego é essencial para que isso aconteça e você acabe encontrando novos clientes.

5. Maior velocidade de conversão

Quanto mais rápido os seus leads se converterem em clientes, melhor. E com a gestão de trafego direcionando seus anúncios para um público altamente qualificado que já está buscando por seus serviços ou produtos, a conversão será inevitável.

Como fazer uma boa gestão de tráfego

Fazer uma gestão de tráfego eficiente não é uma tarefa simples das mais simples. Porém, com algumas dicas é possível começar agora mesmo:

Conheça o seu público

Conhecer o público-alvo é fundamental para a escolha dos melhores canais para gerar tráfego. No mais, só assim você conseguirá definir as melhores estratégias para a empresa.

Faça um planejamento

Na hora de investir em gestão de tráfego é importante planejar e criar várias etapas para acompanhar o cliente durante o funil de vendas bem como elaborar um plano de marketing para nutrir os seus leads com conteúdo de qualidade.

Defina e acompanhe métricas

Definir e acompanhar métricas é importante para identificar quais aspectos devem ser destacados e quais devem descartados na sua estratégia de geração de tráfego. Portanto, sempre avalie informações como:

  • Visualizações do anúncio;
  • Taxa de cliques;
  • Custo por clique;
  • Geração de leads;
  • Custo por aquisição.

Contrate uma agência de marketing digital para a gestão de tráfego

A contratação de uma agência especializada é fundamental para o sucesso na geração de tráfego para o negócio. Só assim você terá a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação para  o seu negócio. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados ao Marketing Digital, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui.

Omnichannel Tecno Content

Conhecer a estratégia omnichannel é uma excelente ideia para quem necessita dar aquele gás nos seus negócios. Afinal, a internet está mudando a maneira como vivemos e, consequentemente, como fazemos compras.

Toda essa mudança não afeta apenas as grandes empresas, mas também os pequenos negócios locais. Assim, proporcionar uma experiência de compra fácil e sem entraves se tornou um grande desafio para todos.

Porém, a estratégia omnichannel é uma ótima maneira de mostrar que sua marca é confiável e está pronta para atender todas as demandas dos clientes, até mesmo aquelas que ele nem imaginou que poderiam existir.

Interessante, não é mesmo? E para entender o que é a estratégia omnichannel e como ela pode ser usada no seu negócio, confira agora mesmo este nosso novo conteúdo.

Boa leitura e boas vendas!

O que é Omnichannel

O omnichannel é uma abordagem de vendas multicanal, que tem como objetivo oferecer aos clientes uma experiência de compra perfeita, estejam eles comprando utilizando uma plataforma online, desktop ou dispositivos móveis, telefone, na loja física ou por meio de qualquer outro canal utilizado pela empresa.

O mais importante aqui é que todos esses canais estejam integrados para que assim seja possível estreitar o relacionamento com o consumidor.

O omnichannel vai além do alcance do maior número de pessoas possível, ele te ajuda a entender em quais canais a sua persona está mais presente e assim você poderá direcionar suas ações de marketing para eles.

Por fim, podemos dizer que o omnichannel é uma estratégia de vendas multicanal que oferece ao consumidor uma experiência integrada entre os canais de distribuição, promoção e comunicação.

Entre as grandes marcas que se utilizam da estratégia omnichannel podemos citar a Disney e a Nike.

Multichannel e cross channel

Quando falamos de omnichannel, é comum que haja confusão com outros termos parecidos, tais como multichannel e cross channel. Por isso, é importante entender a diferença entre eles.

Enquanto o omnichannel (todos os canais), gira em torno do consumidor e busca criar uma única experiência do usuário, unificando vendas e estratégias de marketing em todos os canais disponíveis da marca, o multichannel (muitos canais), gira em torno de seus produtos e deixa os consumidores engajarem e consumirem os produtos em qualquer plataforma. No multichannel as plataformas são tratadas de forma independentes e cada canal existe como uma oportunidade de compra isolada.

Já o cross channel (canais cruzados), é uma estratégia onde dois canais se combinam e se comunicam para melhorar a experiência de compra do cliente. Isso ocorre, por exemplo, nas livrarias onde há integração da loja virtual com a loja física. Nesses casos, é comum o consumidor pesquisar os detalhes sobre o produto online, comprá-lo no site e retirá-lo na loja presencial.

As vantagens do omnichannel

Entre as inúmeras vantagens da estratégia omnichannel podemos citar:

1. Melhor experiência do cliente para fidelizar o público: os clientes costumam usar vários dispositivos para pesquisar preços, comprar um produto ou serviço, rastrear seu pedido e até mesmo devolver o produto se necessário. Por isso, quando todos os canais estão disponíveis os clientes têm uma melhor experiência e acabam se tornando consumidores fiéis.

2. Crescimento das vendas fora da loja física: consolidando sua presença online, as marcas se tornam visíveis quando os consumidores procuram por palavras-chave que possam se referir a seus produtos ou serviços, o que pode, é claro, trazer bons negócios.

3. Facilita a vida do consumidor aumentando a coleta de dados: quanto mais canais uma marca utiliza, mais acesso elas têm aos dados do consumidor e, com esses dados em mãos, é possível criar uma jornada de compra mais personalizada e sugestões de produtos mais precisos.

Como utilizar o omnichannel no seu negócio

Para utilizar o omnichannel no seu negócio é preciso, antes de tudo criar um planejamento unificado das ações de marketing respondendo as seguintes questões:

  • Quais canais de comunicação nossa marca já utiliza?
  • Como utilizamos esses canais? Eles estão integrados?
  • Quais os canais podem ser utilizados além desses?
  • Qual a mensagem que queremos transmitir para o público?
  • Como funciona a jornada de compra da nossa persona?
  • Onde podemos investir para aumentar o volume de público que vamos atingir com o omnichannel?

É claro que cada empresa tem uma forma de administrar as campanhas de marketing e integrar os canais e aplicar, mas todos esses pontos devem fazer parte do planejamento.

Conte com ajuda de quem entende do assunto

Para que o consumidor tenha uma experiência omnichannel perfeita é necessário o uso especializado de ferramentas de inteligência bem como compreender profundamente as necessidades dos clientes.

Por isso, é importante contar com a ajuda de uma agência especializada. Só assim você terá certeza que o trabalho será feito de forma planejada e eficiente, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E por aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação perfeito para o seu negócio. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.CONTINUAR E FECHAR