Em um mundo cada vez mais digitalizado, a competição pelo espaço virtual e a atenção dos consumidores online se intensifica a cada dia. Para aumentar as vendas online e garantir o sucesso do seu negócio na internet, é fundamental dominar estratégias avançadas de marketing digital, especialmente quando se trata de anúncios online.

Neste artigo, separamos 5 dicas avançadas para utilizar anúncios online assertivamente, maximizando as taxas de conversão e impulsionando o crescimento do seu negócio no competitivo mundo virtual.

1. Segmentação 

O primeiro passo para uma campanha de anúncios bem-sucedida é conhecer a fundo o seu público-alvo. Não basta apenas saber a faixa etária e localização dos seus clientes em potencial. É importante entender suas necessidades, preferências, desafios e comportamentos de compra.

Para isso, utilize ferramentas de análise de dados, como o Google Analytics e ferramentas de análise das redes sociais. A análise de dados fornecerá informações valiosas sobre quem são seus visitantes, o que eles estão procurando e como interagem com seu site ou anúncios.

Além disso, explore as opções de segmentação disponíveis nas plataformas de anúncios, como o Facebook Ads e o Google Ads, como comportamento de compra, interesses específicos e até mesmo lookalike audiences. Elas permitem que você alcance clientes com maior probabilidade de conversão.

2. Copywriting Persuasivo

A arte do copywriting persuasivo é essencial para conquistar a atenção e o interesse dos visitantes. A redação dos anúncios deve ser persuasiva, envolvente e clara. Utilize gatilhos mentais, storytelling e argumentos convincentes para despertar emoções e gerar uma resposta positiva dos usuários.

O foco principal deve ser nos benefícios do seu produto ou serviço, demonstrando como ele pode resolver problemas ou melhorar a vida do cliente. Utilize depoimentos e avaliações de clientes satisfeitos para aumentar a credibilidade e a confiança na sua marca.

Lembre-se de que as primeiras linhas do seu anúncio são as mais importantes. Elas devem ser impactantes o suficiente para prender a atenção do público e incentivá-lo a ler o anúncio completo.

3. Testes Multivariados

Os testes multivariados são uma estratégia avançada para otimizar a eficácia dos seus anúncios. Em vez de testar apenas duas versões de um elemento (como nos testes A/B), os testes multivariados permitem que você teste diversas combinações de elementos ao mesmo tempo.

Por exemplo, você pode criar diferentes variações de títulos, imagens, textos e CTAs em um único teste. Dessa forma, você consegue identificar de forma mais abrangente quais elementos têm o maior impacto na conversão.

Para realizar testes multivariados, você pode utilizar ferramentas específicas de testes, como o Google Optimize. Analise os resultados de forma criteriosa e faça ajustes nas suas campanhas com base nos insights obtidos.

4. Landing Pages Otimizadas

As landing pages são peças fundamentais na jornada do cliente. Após atrair o visitante com um anúncio persuasivo, a landing page deve manter o mesmo tom e abordagem, garantindo uma experiência contínua e relevante.

A página de destino deve ser otimizada para a conversão, com design atraente, conteúdo relevante e chamadas para ação (CTAs) claras e impactantes. Utilize headlines persuasivas, que reforcem a proposta de valor do seu produto ou serviço, e inclua elementos visuais que ressaltem os benefícios do que está sendo oferecido.

Certifique-se de que a navegação na página é intuitiva e o caminho para a conversão é claro e fácil de seguir. Também, evite distrações e links que levem o visitante para fora da página antes que ele complete a ação desejada.

5. Acompanhamento com Analytics Avançados

Por fim, para avaliar o desempenho das suas campanhas de anúncios online, é essencial acompanhar as métricas e utilizar ferramentas avançadas de análise.

Além das métricas padrão, como CTR e conversões, explore dados mais detalhados para obter insights valiosos sobre o comportamento do público. Por exemplo: tempo médio de permanência na página, origem do tráfego e a taxa de rejeição.

Essas informações fornecem uma visão mais abrangente sobre o desempenho das suas campanhas, permitindo que você faça ajustes precisos e tome decisões estratégicas para maximizar os resultados.

E lembre-se: sempre tem especialistas nesse assunto aqui, em caso de dúvidas, entre em contato com a Tecno Content pelo WhatsApp. Nossa equipe está pronta para auxiliar você a alcançar resultados extraordinários e alcançar o sucesso digital.

As mídias sociais revolucionaram como as empresas se conectam com seu público-alvo. Hoje, milhões de pessoas estão ativas em plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, tornando esses canais digitais vitais para o sucesso de um negócio. No entanto, para seguir transformando seguidores em clientes, é preciso ir além das postagens orgânicas e adotar uma gestão estratégica de tráfego pago.

Neste artigo, veja como as mídias sociais, quando combinadas com uma eficiente gestão de tráfego pago, podem impulsionar o crescimento do seu negócio, aumentando a visibilidade, o engajamento e, o mais importante, convertendo seguidores em clientes satisfeitos.

Entendendo o Poder das Mídias Sociais

As mídias sociais proporcionam um espaço valioso para as marcas interagirem diretamente com seus seguidores, humanizando a empresa e estabelecendo conexões emocionais com o público. Por meio de conteúdos relevantes, criativos e envolventes, é possível aumentar o alcance da marca, fortalecer a fidelidade do cliente e atrair novos interessados. 

Construindo uma Estratégia de Mídias Sociais

Antes de investir em tráfego pago, é essencial construir uma sólida estratégia de mídias sociais. Para isso, identifique quais plataformas são mais relevantes para o seu público-alvo e crie um calendário editorial consistente. 

Compartilhe conteúdos que eduquem, inspirem e entretenham seu público, criando assim uma comunidade engajada. Além disso, utilize recursos como o monitoramento de redes sociais para compreender o feedback dos seguidores e aperfeiçoar sua estratégia continuamente.

Gestão Estratégica de Tráfego Pago

Enquanto as postagens orgânicas são importantes para o crescimento, a gestão estratégica de tráfego pago permite ampliar significativamente o alcance e o impacto das suas campanhas. 

Com o tráfego pago, é possível segmentar seu público-alvo com precisão, alcançando as pessoas certas no momento certo.

Investir em anúncios segmentados e conteúdo patrocinado aumenta a exposição da sua marca, atraindo potenciais clientes e gerando leads qualificados. Portanto, utilize ferramentas de análise para medir o desempenho das campanhas e fazer ajustes conforme necessário, maximizando o retorno sobre o investimento.

Engajamento com os Seguidores

Uma das principais vantagens das mídias sociais é a capacidade de engajar com os seguidores. Para melhorar a eficácia, responda prontamente aos comentários, mensagens privadas e menções da sua marca. Assim, você demonstra interesse genuíno em ouvir o feedback dos clientes e solucionar eventuais problemas.

Outra dica é aproximar-se do seu público via enquetes, perguntas e respostas ao vivo, estimulando a interação e construindo relacionamentos duradouros.

Transformando Seguidores em Clientes

Para transformar seguidores em clientes, é fundamental conduzir o público-alvo por um funil de conversão, oferecendo conteúdos relevantes que despertem o interesse e a conscientização sobre seus produtos ou serviços.

À medida que o interesse cresce, você pode fornecer informações mais detalhadas e depoimentos de clientes satisfeitos para gerar confiança. Utilize chamadas para ação (CTAs) direcionadas para incentivar a tomada de decisão, como “Compre Agora” ou “Cadastre-se para um Teste Gratuito”. 

Também crie landing pages otimizadas para aumentar as taxas de conversão e coletar dados de contato para futuras estratégias de marketing.

Um combo de impulsionamento!

Agora que você já sabe que mídias sociais, quando aliadas à gestão estratégica de tráfego pago, são um poderoso combo para impulsionar o crescimento do seu negócio, você pode seguir transformando seguidores em clientes satisfeitos. 

Mas lembre de adotar uma estratégia bem planejada e engajamento autêntico, assim, você pode expandir o alcance da sua marca, atrair leads qualificados e aumentar suas conversões.

Mas, sempre conheça profundamente seu público-alvo, ofereça conteúdos relevantes em cada etapa do funil de conversão e estimule a interação com ele, para construir relacionamentos sólidos e não superficiais!

E, se você deseja aproveitar ao máximo o potencial das mídias sociais e da gestão de tráfego pago para o crescimento do seu negócio com quem entende do assunto, entre em contato conosco no WhatsApp. A Tecno Content pode ajudar a desenvolver estratégias personalizadas que estimulem seus resultados a novos patamares! Vamos juntos?

No mundo cada vez mais digitalizado em que vivemos, ter uma presença online forte e eficaz é essencial para aumentar o lucro e o sucesso de qualquer negócio. A internet oferece um mercado vasto e global, onde é possível alcançar milhões de pessoas em todo o mundo. 

No entanto, com a concorrência acirrada e as constantes mudanças nos algoritmos dos mecanismos de busca, é fundamental encontrar maneiras de se destacar e atrair a atenção do seu público-alvo. É aí que uma agência de gestão de tráfego pode ser um parceiro valioso.

O que é uma agência de gestão de tráfego?

Uma agência de gestão de tráfego é uma empresa especializada em otimizar a visibilidade e a lucratividade de um negócio por meio do gerenciamento eficiente do tráfego online. 

Ela se concentra em estratégias de marketing digital para direcionar visitantes qualificados para o website ou outras plataformas digitais de uma empresa. O objetivo é aumentar a exposição da marca, gerar leads e impulsionar as vendas.

Como uma agência de gestão de tráfego aumentar o lucro da sua empresa?

As agências de gestão de tráfego têm muitos conhecimentos especializados em marketing digital e estão atualizadas com as últimas tendências e melhores práticas do setor. 

São diversas especialidades, como publicidade paga, SEO (Search Engine Optimization), marketing de conteúdo e mídias sociais, que permite que desenvolvam estratégias personalizadas para atender às necessidades específicas do seu negócio.

Análise de dados e monitoramento

Uma agência de gestão de tráfego possui ferramentas e habilidades para analisar dados importantes sobre o desempenho da sua empresa online. Elas acompanham métricas como tráfego do site, taxas de conversão, origem do tráfego e comportamento do usuário. 

Com base nesses insights, elas podem identificar áreas de melhoria e ajustar suas estratégias para obter resultados melhores. O monitoramento contínuo também permite que elas façam ajustes rápidos em tempo real, maximizando o retorno sobre o investimento em marketing.

Otimização para mecanismos de busca

O SEO desempenha um papel crucial na visibilidade online de uma empresa. Uma agência entende as complexidades do SEO e pode otimizar o conteúdo do seu site, a estrutura das páginas e as palavras-chave para melhorar o posicionamento nos resultados de pesquisa. 

Isso aumenta a probabilidade de seu negócio ser encontrado por clientes em potencial quando eles pesquisarem por produtos ou serviços relacionados.

Publicidade paga eficiente

Além das estratégias orgânicas, as agências de gestão podem criar e gerenciar campanhas de publicidade paga, como anúncios no Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads e outras plataformas relevantes. 

O conhecimento em segmentação de público-alvo, seleção de palavras-chave e criação de anúncios persuasivos, permite que maximizem o retorno do investimento em publicidade, direcionando o tráfego relevante para o seu negócio.

Segmentação de público-alvo

Com base nesse conhecimento, elas podem segmentar suas campanhas de marketing digital para alcançar pessoas com maior probabilidade de se tornarem clientes. A segmentação eficaz ajuda a otimizar seus gastos com publicidade, pois você estará direcionando seus esforços para as pessoas certas.

Que tal implementar as soluções certas na sua empresa? Entre em contato com a Tecno Content e obtenha um plano de mídias 100% gratuito, incluindo um passo a passo para que você possa destacar, ainda mais, a sua marca na internet!

Os anúncios online ajudam a fortalecer negócios no mundo digital atual junto às mídias sociais, que se tornaram uma parte essencial da vida das pessoas. Elas não apenas proporcionam uma maneira de se conectar e compartilhar conteúdo, mas também se transformaram em um espaço valioso para as empresas alcançarem seu público-alvo. 

Com bilhões de usuários ativos diariamente, as mídias sociais oferecem um vasto potencial para impulsionar as vendas e transformar cliques em clientes. Neste artigo, exploraremos como os anúncios online nas mídias sociais, uma estratégia essencial do marketing digital, podem ser uma ferramenta poderosa para impulsionar as vendas do seu negócio.

Segmentação Precisa em Anúncios Online

Uma das maiores vantagens dos anúncios online nas mídias sociais é a capacidade de segmentar seu público-alvo de maneira altamente precisa. 

As plataformas de mídia social, como o Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, possuem recursos avançados de segmentação, permitindo que você direcione seus anúncios para pessoas com base em critérios demográficos, interesses, comportamentos e localização geográfica. 

Essa segmentação precisa garante que seus anúncios sejam exibidos para as pessoas certas, aumentando a probabilidade de cliques relevantes que podem se transformar em clientes.

Construa Conscientização da Marca: Atraia a Atenção do Seu Público

Com anúncios visualmente atraentes e envolventes, você pode chamar a atenção do seu público-alvo e destacar os valores e benefícios da sua empresa. Utilize imagens atraentes, mensagens cativantes e vídeos envolventes para transmitir sua mensagem de forma memorável. 

Com repetição adequada dos anúncios, você pode construir uma presença consistente e memorável na mente dos usuários, o que pode influenciar positivamente sua decisão de compra.

Engajamento do Público-alvo: Crie Interação e Conexão

As mídias sociais são um ambiente interativo, e os anúncios online podem ser usados para engajar seu público-alvo. Por meio de anúncios interativos, como enquetes, quizzes ou vídeos, você pode incentivar os usuários a interagirem com sua marca, compartilharem suas opiniões e se envolverem em conversas. 

Essa interação não apenas cria um relacionamento mais profundo com seus clientes em potencial, mas também pode gerar um boca a boca positivo e aumentar o alcance orgânico dos seus anúncios.

Tráfego Direcionado Para o Seu Site

Os anúncios online nas mídias sociais podem ser uma forma eficaz de direcionar o tráfego para o seu site. Ao incluir links diretos nos seus anúncios, você pode levar os usuários diretamente para páginas específicas do seu site, onde eles podem encontrar mais informações sobre seus produtos ou serviços e realizar uma compra. 

Certifique-se de que a página de destino esteja otimizada para a conversão e ofereça uma experiência do usuário fluida para maximizar as chances de transformar os cliques em vendas.

Remarketing: Aproveite a Segunda Chance

O remarketing é uma estratégia poderosa que permite que você segmente pessoas que já interagiram com sua marca anteriormente. 

Com os anúncios online nas mídias sociais, você pode direcionar anúncios específicos para pessoas que visitaram seu site, adicionaram produtos ao carrinho de compras, mas não concluíram a compra ou se inscreveram em sua lista de e-mails. 

O remarketing oferece uma segunda chance de conquistar esses potenciais clientes, lembrando-os do seu negócio e incentivando-os a retornar e finalizar a compra.

Os anúncios online nas mídias sociais, uma estratégia essencial do marketing digital, podem impulsionar as vendas do seu negócio ao transformar cliques em clientes.

Através da segmentação precisa, construção de conscientização da marca, engajamento do público-alvo, direcionamento de tráfego para o seu site e aproveitamento do poder do remarketing, você pode alcançar resultados significativos em suas campanhas de marketing digital.

Lembre-se de definir metas claras, monitorar e analisar regularmente o desempenho dos seus anúncios para fazer ajustes necessários e otimizar continuamente suas estratégias. Com uma abordagem estratégica e criativa, os anúncios online nas mídias sociais podem se tornar uma ferramenta poderosa para impulsionar as vendas e o crescimento do seu negócio. 

Entre em contato com a Tecno Content e tenha um plano de mídias de forma 100% gratuita, incluindo um passo a passo para que você possa destacar, ainda mais, a sua marca na internet!

Gestão de tráfego em pequenos negócios

Você já sabe que o marketing digital pode ajudar a impulsionar os resultados do seu negócio, certo? Porém, já deve ter percebido que não basta um blog bonito e as redes sociais sempre atualizadas. Para que todo o trabalho traga resultados é preciso adotar estratégias, tais como uma eficiente gestão de tráfego. Com ela, é possível tirar o máximo proveito de suas presenças online. 

E se você não faz ideia do que estamos falando, vale a pena conferir este artigo. Boa leitura e boas vendas!

O que é a gestão de tráfego

O tráfego nada mais é que a audiência, o número de visitantes de um site, blog ou páginas de uma empresa.

Muitas pessoas estão na internet buscando por produtos e serviços e se você possui uma empresa e ela está presente na internet, você precisa que ela seja vista, ou seja, você precisa de tráfego.  E, quanto mais visitas, mais vendas.

Assim, a gestão de tráfego se refere à adoção de estratégias para atrair um número cada vez maior de pessoas para determinado endereço virtual.

Tipos de tráfego

Existe o tráfego orgânico, que vem de buscas na internet, é o número de pessoas que interagem com as publicações orgânicas do seu negócio nas redes sociais. Ele requer planejamento, produção de conteúdo e paciência para conseguir resultados.

Temos também o tráfego pago que é aquele que você paga para gerar por meio de campanhas de anúncios nas plataformas online. Também é necessário criar conteúdo de qualidade. No entanto, ele será entregue de forma mais direta para o público que você deseja realmente alcançar. E para isso, será preciso um investimento monetário em plataformas de tráfego para que seus anúncios apareçam para aqueles clientes em potencial.

O tráfego pago não tem tanta concorrência quanto o orgânico, podendo colocar o site da sua empresa em primeiro lugar na busca do Google. No entanto, para que você consiga um bom resultado com ele, é necessário conhecer os segredos que mencionamos no nosso artigo Tráfego pago para pequenos negócios: 5 segredos para aumentar suas vendas.

Além desses dois tipos de tráfego, nós temos:

  • Tráfego direto: o usuário acessa o seu site ou aplicativo ou rede social diretamente. Representa um grande indicador de branding e é muito valioso, já que é altamente qualificado.
  • Tráfego de referência: o usuário recebe o link para o seu site de outros sites ou perfis nas redes sociais. Também é altamente qualificado.
  • Tráfego de e-mail marketing: ocorre quando as pessoas clicam nos links recebidos no seu e-mail. É um dos mais difíceis de conseguir levar os usuários até as páginas da empresa. Porém, quando os leads forneceram os seus dados para receber esse tipo de conteúdo, as chances de conversão são altas.

5 vantagens da gestão de tráfego para os pequenos negócios

Uma boa gestão de tráfego oferece inúmeras vantagens para as empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte. E, entre elas, podemos destacar:

1. Aumento do ROI

O retorno sobre o investimento (ROI) é um dos indicadores mais importantes de qualquer empresa. E, quando combinado o tráfego orgânico com o tráfego pago, é possível aumentar o ROI de um negócio.

Isso acontece porque ambos os tipos de tráfego são complementares. Enquanto o tráfego orgânico traz resultados de médio e longo prazo, o pago é útil para a obtenção de resultados de curto prazo. Dessa forma, a empresa terá um maior equilíbrio no seu caixa.

2. Criação de uma audiência qualificada

Esse benefício é consequência de uma melhor segmentação do público da empresa por meio das ferramentas de tráfego pago. Assim, é possível classificar as pessoas de acordo com seus interesses, faixa etária, localização geográfica etc.

Isso significa que você terá menores chances de gastar seu tempo e dinheiro com leads irrelevantes.

3. Melhoria na reputação da marca

Uma gestão de tráfego eficiente fará com que sua empresa tenha grandes chances de aparecer nos primeiros lugares no Google e assim, conseguir uma maior visibilidade para os seus produtos ou serviços e se posicionar como uma autoridade sobre o assunto pesquisado, com o consequente aumento das vendas.

4. Aumento do número de leads qualificados

Um dos principais objetivos de qualquer empresa, independentemente do seu tamanho, é gerar leads, ou seja, cadastrar potenciais clientes. E a gestão de tráfego é essencial para que isso aconteça e você acabe encontrando novos clientes.

5. Maior velocidade de conversão

Quanto mais rápido os seus leads se converterem em clientes, melhor. E com a gestão de trafego direcionando seus anúncios para um público altamente qualificado que já está buscando por seus serviços ou produtos, a conversão será inevitável.

Como fazer uma boa gestão de tráfego

Fazer uma gestão de tráfego eficiente não é uma tarefa simples das mais simples. Porém, com algumas dicas é possível começar agora mesmo:

Conheça o seu público

Conhecer o público-alvo é fundamental para a escolha dos melhores canais para gerar tráfego. No mais, só assim você conseguirá definir as melhores estratégias para a empresa.

Faça um planejamento

Na hora de investir em gestão de tráfego é importante planejar e criar várias etapas para acompanhar o cliente durante o funil de vendas bem como elaborar um plano de marketing para nutrir os seus leads com conteúdo de qualidade.

Defina e acompanhe métricas

Definir e acompanhar métricas é importante para identificar quais aspectos devem ser destacados e quais devem descartados na sua estratégia de geração de tráfego. Portanto, sempre avalie informações como:

  • Visualizações do anúncio;
  • Taxa de cliques;
  • Custo por clique;
  • Geração de leads;
  • Custo por aquisição.

Contrate uma agência de marketing digital para a gestão de tráfego

A contratação de uma agência especializada é fundamental para o sucesso na geração de tráfego para o negócio. Só assim você terá a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação para  o seu negócio. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados ao Marketing Digital, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui.

Crescimento mídias pagas

Se você quer saber como crescer rápido na internet este nosso novo conteúdo é para você. Aqui você vai descobrir o que é e como fazer uso da mídia paga para aumentar suas vendas e alcançar todo o sucesso que você tanto deseja.

Acompanhe e bons negócios!

O que é mídia digital paga

A mídia digital compreende qualquer conteúdo que precisa de um dispositivo ou de um meio de comunicação digital para ser produzido, acessado ou consumido.

Entre os diversos tipos de mídia digital, existe a mídia digital paga onde você paga para promover os conteúdos da sua marca. Trata-se de um tipo de mídia digital fundamental para os pequenos negócios que precisam ganhar visibilidade para alcançar pessoas rapidamente e assim, vender mais.

Plataformas de mídia paga

Para que seu negócio cresça usando a mídia paga é necessário ter um plano de ação personalizado em nas plataformas adequadas. E veja bem, existe uma grande variedade delas plataformas digitais que podem ser usadas para potencializar o alcance da sua mídia digital, basta escolher aquela ou aquelas que melhor atendam aos interesses da sua empresa e do seu público-alvo.

São exemplos de plataformas de mídia paga:

  • Google Ads: anúncios de pesquisa, anúncios da rede de display, anúncios no Gmail, anúncios do Google Shopping.
  • Facebbok e Instagram Ads: anúncios em stories, anúncios de carrossel, anúncios com imagens, anúncios em vídeo, anúncios de coleção, anúncios no reels, anúncios na seção explorar do Instagram, anúncios no feed e  anuncios do Instagram Shopping e na loja do Facebook.
  • Linkedln: conteúdo e mensagens patrocinadas, anúncios dinâmicos e anúncios de texto.

Dicas de como investir em mídia paga e fazer seu negócio crescer rápido

1. Identifique e segmente seu público-alvo

Este é o primeiro passo para fazer seu negócio crescer utilizando mídia paga. Ou seja, é importante analisar a jornada de compra dos seus clientes e identificar a persona que consome seu produto ou serviço. Dessa forma, fica mais fácil nutrir e gerar leads qualificados

Quando você investe em mídia paga direcionada para um público muito amplo ou muito restrito é um desperdício de tempo e dinheiro.

2. Entenda sobre funil de vendas

Entender como funciona funil de vendas é fundamental para o sucesso das suas campanhas de mídia paga e evita gastos desnecessários.

O funil de vendas, também chamado de pipeline, é o nome dado ao modelo estratégico que mostra a jornada do cliente do primeiro contato com a sua empresa até a concretização da venda. Ou seja, ele é uma representação do caminho que o cliente faz até fechar o negócio e compartilhar sua experiência com seus amigos e familiares.

Qualquer empresa que faça uso do marketing digital pode aumentar suas vendas usando um funil de vendas. Esse, por sua vez, é dividido em três partes, as conhecidas etapas da jornada de compra. São elas: topo, meio e fundo.

Para saber mais sobre o assunto, acesse nosso artigo Funil de vendas para tráfego pago: como desenvolver um que converte.

mídia paga - funil de vendas

3. Invista em mais de um canal de mídia paga

Apesar de ser uma estratégia simples, investir em um único canal de mídia paga pode não ser uma bom negócio.

Para atingir um maior número de pessoas, o ideal é anunciar em mais de um canal de mídia paga.

4. Defina e acompanhe as métricas de performance

Outro ponto importante é definir as métricas para medir e acompanhar a performance dos seus anúncios. Essa é a melhor maneira de saber quais ações estão dando resultado e quais devem ser evitadas.

São exemplos de métricas:

  • CTR (taxa de cliques): quando essa porcentagem está alta, significa que as pessoas se interessam pelo seu conteúdo e estão clicando nele. 
  • CPC (custo por clique): mostra o quanto você está gastando com cada conversão, já que o pagamento é feito sempre que alguém clica no anúncio. 
  • Conversões: deve ser acompanhada de perto por quem tem um e-commerce, pois permite visualizar quantos pedidos foram finalizados por meio dos anúncios. 
  • ROAS (retorno do investimento em publicidade): com ele você consegue comparar a quantidade de dinheiro investido e a receita bruta obtida. 

5. Fique de olho na performance dos seus anúncios

É importante ter o hábito de analisar a performance dos anúncios e lembrar que, quanto mais tempo eles ficarem ativos, maior a chance deles aparecerem para as mesmas pessoas. Assim, crie a rotina de trocar os anúncios a cada 2 ou 3 meses.

E aqui uma outra dica: suba os novos anúncios, mas deixe os antigos rodando também. Quando os novos anúncios começarem a ter um desempenho melhor, exclua os antigos. 

6. Ajuste o orçamento para cada campanha

Uma grande vantagem da mídia paga é que você consegue controlar o orçamento em tempo real e assim, subir ou abaixar os valores conforme os objetivos de cada campanha. 

Quanto investir em mídia paga

Já que falamos em orçamento, é importante saber que o investimento destinado a mídia paga costuma variar conforme o orçamento disponível, o tempo de duração da campanha, as expectativas de retorno e a plataforma escolhida.

Dessa forma, é essencial montar uma estratégia que esteja de acordo com as metas do seu negócio. Mas como fazer isso?

Pois bem, para ver seu negócio crescer na internet utilizando mídia paga é fundamental contratar uma agência especializada em mídia paga como a Tecno Content. Dessa forma, você terá a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui. 

Tráfego pago e orgânico

Não sabe a diferença entre tráfego pago e orgânico e muito menos qual deles é o melhor para o seu negócio?

Pois saiba que essas são dúvidas muito comuns entre empresas e profissionais que estão começando a investir em marketing digital. Pensando nisso, elaboramos este texto com informações sobre tráfego pago e orgânico.

Boa leitura e boas vendas!

O que é tráfego?

A primeira coisa que você precisa saber é o conceito de tráfego, então vamos lá!

Muitas pessoas estão na internet buscando algum tipo de produto ou serviço local, certo? E se você possui uma empresa e ela está presente na internet, seja vendendo serviços ou produtos, você precisa que ela seja vista, ou seja, você precisa de tráfego.

O tráfego se refere à audiência, ao número de visitantes. Assim, quanto mais visitas, mais vendas.

E essas visitas podem vir de diversos lugares: mecanismos de busca, outros sites ou redes sociais.

Buscadores como o Google estão entre os pontos de contato mais importantes para alcançar os consumidores. Afinal, hoje em dia, praticamente todo mundo tem o hábito de pesquisar neles antes de comprar um produto ou serviço.

Porém, muitas pessoas clicam apenas nos links que aparecem na primeira página do buscador, o que faz com que seja importante que seu site esteja bem colocado nas primeiras posições.

E existem dois caminhos para alcançar as primeiras posições: Trabalhando o SEO (Search Engine Optimization) e marketing de conteúdo e assim, ganhar relevância nas pesquisas ou comprando um espaço de destaque para atrair os cliques.

O marketing de conteúdo consiste na produção e na distribuição de conteúdo qualificado para atrair o público-alvo de uma empresa.

Já o SEO é um conjunto de práticas e ações de otimização que buscam cumprir as exigências dos mecanismos de busca e assim, ranquear as páginas nos resultados de busca. A finalidade do SEO é melhorar o posicionamento da sua página e colocar o site entre os primeiros resultados.

Agora que você já sabe tudo isso, fica fácil entender a diferença entre tráfego pago e orgânico.

Qual a diferença entre tráfego pago e orgânico?

O tráfego orgânico é aquele que acontece naturalmente quando um usuário encontra o seu site de forma espontânea.

Quando uma pessoa está pesquisando em buscadores ou mesmo por indicação de outra pessoa e entra no seu site, isso significa que ela encontrou o seu site de forma orgânica. Mas que para isso aconteça, é necessário que exista planejamento, produção de conteúdo e paciência, só assim será possível alcançar os resultados desejados.

Além do tráfego orgânico, existe o tráfego pago, os famosos links patrocinados, que é um atalho estratégico para a sua marca ser vista e reconhecida. 

No tráfego também é necessário criar conteúdo de qualidade. No entanto, ele será entregue de forma mais direta para o público que você deseja realmente alcançar. Mas para isso será preciso um investimento monetário em plataformas de tráfego para que seus anúncios apareçam para aqueles clientes em potencial.

O tráfego pago não tem tanta concorrência quanto o orgânico e pode colocar o site da sua empresa em primeiro lugar na busca do Google.

Para saber mais sobre tráfego pago, confira nossos artigos Tráfego pago para pequenos negócios: 5 segredos para aumentar suas vendas e Funil de vendas para tráfego pago: como desenvolver um que converte.

Em qual tipo de tráfego investir?

Antes, o tráfego orgânico bastava para uma marca se destacar. Porém, com a popularização da internet e o aumento da competitividade entre as empresas, houve uma mudança no perfil dos consumidores. Agora, as pessoas buscam uma análise mais aprofundada dos produtos e serviços que pretendem adquirir. Assim, é comum que exista muita pesquisa em sites, redes sociais e blogs antes da compra.

Por isso, cada vez mais é importante investir em uma estratégia de atração e captação, o que é feito com o uso do tráfego pago.

Porém, a decisão de investir em uma estratégia de marketing digital focada em tráfego pago ou tráfego orgânico deverá levar em consideração aspectos como objetivo, custo-benefício, urgência de resultados e recursos disponíveis.

Como trabalhar o tráfego pago e orgânico?

Mas atenção, o ideal é fazer uso em conjunto do tráfego pago e orgânico.

O tráfego pago ajuda, e muito, o tráfego orgânico. O primeiro atrai e o segundo fideliza o seu público, fazendo com que ele acesse mais o seu site para acompanhar o seu conteúdo e, com isso, acompanhe a sua marca, sem precisar ser atingido por publicações pagas.

Ou seja, ambos os tráfegos se complementam e os melhores resultados são alcançados quando sua empresa realizar investimentos nos dois tipos.

E, embora trabalhar o tráfego e orgânico não seja algo muito complicado, essas ferramentas podem ser melhor aproveitadas quando colocadas em prática por uma equipe de profissionais capacitados.  

Assim, contratar uma agência especializada em tráfego pago e orgânico é ter a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E por aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação para as suas campanhas de marketing digital. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui. 

Omnichannel Tecno Content

Conhecer a estratégia omnichannel é uma excelente ideia para quem necessita dar aquele gás nos seus negócios. Afinal, a internet está mudando a maneira como vivemos e, consequentemente, como fazemos compras.

Toda essa mudança não afeta apenas as grandes empresas, mas também os pequenos negócios locais. Assim, proporcionar uma experiência de compra fácil e sem entraves se tornou um grande desafio para todos.

Porém, a estratégia omnichannel é uma ótima maneira de mostrar que sua marca é confiável e está pronta para atender todas as demandas dos clientes, até mesmo aquelas que ele nem imaginou que poderiam existir.

Interessante, não é mesmo? E para entender o que é a estratégia omnichannel e como ela pode ser usada no seu negócio, confira agora mesmo este nosso novo conteúdo.

Boa leitura e boas vendas!

O que é Omnichannel

O omnichannel é uma abordagem de vendas multicanal, que tem como objetivo oferecer aos clientes uma experiência de compra perfeita, estejam eles comprando utilizando uma plataforma online, desktop ou dispositivos móveis, telefone, na loja física ou por meio de qualquer outro canal utilizado pela empresa.

O mais importante aqui é que todos esses canais estejam integrados para que assim seja possível estreitar o relacionamento com o consumidor.

O omnichannel vai além do alcance do maior número de pessoas possível, ele te ajuda a entender em quais canais a sua persona está mais presente e assim você poderá direcionar suas ações de marketing para eles.

Por fim, podemos dizer que o omnichannel é uma estratégia de vendas multicanal que oferece ao consumidor uma experiência integrada entre os canais de distribuição, promoção e comunicação.

Entre as grandes marcas que se utilizam da estratégia omnichannel podemos citar a Disney e a Nike.

Multichannel e cross channel

Quando falamos de omnichannel, é comum que haja confusão com outros termos parecidos, tais como multichannel e cross channel. Por isso, é importante entender a diferença entre eles.

Enquanto o omnichannel (todos os canais), gira em torno do consumidor e busca criar uma única experiência do usuário, unificando vendas e estratégias de marketing em todos os canais disponíveis da marca, o multichannel (muitos canais), gira em torno de seus produtos e deixa os consumidores engajarem e consumirem os produtos em qualquer plataforma. No multichannel as plataformas são tratadas de forma independentes e cada canal existe como uma oportunidade de compra isolada.

Já o cross channel (canais cruzados), é uma estratégia onde dois canais se combinam e se comunicam para melhorar a experiência de compra do cliente. Isso ocorre, por exemplo, nas livrarias onde há integração da loja virtual com a loja física. Nesses casos, é comum o consumidor pesquisar os detalhes sobre o produto online, comprá-lo no site e retirá-lo na loja presencial.

As vantagens do omnichannel

Entre as inúmeras vantagens da estratégia omnichannel podemos citar:

1. Melhor experiência do cliente para fidelizar o público: os clientes costumam usar vários dispositivos para pesquisar preços, comprar um produto ou serviço, rastrear seu pedido e até mesmo devolver o produto se necessário. Por isso, quando todos os canais estão disponíveis os clientes têm uma melhor experiência e acabam se tornando consumidores fiéis.

2. Crescimento das vendas fora da loja física: consolidando sua presença online, as marcas se tornam visíveis quando os consumidores procuram por palavras-chave que possam se referir a seus produtos ou serviços, o que pode, é claro, trazer bons negócios.

3. Facilita a vida do consumidor aumentando a coleta de dados: quanto mais canais uma marca utiliza, mais acesso elas têm aos dados do consumidor e, com esses dados em mãos, é possível criar uma jornada de compra mais personalizada e sugestões de produtos mais precisos.

Como utilizar o omnichannel no seu negócio

Para utilizar o omnichannel no seu negócio é preciso, antes de tudo criar um planejamento unificado das ações de marketing respondendo as seguintes questões:

  • Quais canais de comunicação nossa marca já utiliza?
  • Como utilizamos esses canais? Eles estão integrados?
  • Quais os canais podem ser utilizados além desses?
  • Qual a mensagem que queremos transmitir para o público?
  • Como funciona a jornada de compra da nossa persona?
  • Onde podemos investir para aumentar o volume de público que vamos atingir com o omnichannel?

É claro que cada empresa tem uma forma de administrar as campanhas de marketing e integrar os canais e aplicar, mas todos esses pontos devem fazer parte do planejamento.

Conte com ajuda de quem entende do assunto

Para que o consumidor tenha uma experiência omnichannel perfeita é necessário o uso especializado de ferramentas de inteligência bem como compreender profundamente as necessidades dos clientes.

Por isso, é importante contar com a ajuda de uma agência especializada. Só assim você terá certeza que o trabalho será feito de forma planejada e eficiente, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E por aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação perfeito para o seu negócio. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui.

lead no marketing digital

Diariamente, milhares de pessoas se conectam à internet em todo o mundo. Estima-se que, só no Brasil, mais de 100 milhões de pessoas estão conectadas com os mais diversos objetivos: tirando suas dúvidas, trabalhando, pagando contas, estudando, se divertindo ou fazendo compras. Por outro lado, existem milhares de sites de empresas como a sua, oferecendo produtos e serviços similares. Assim, entender o que é lead e qual a importância da geração de leads nos negócios é fundamental para se destacar e ter um empreendimento de sucesso. 

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo especial para você sobre o assunto. Acompanhe e boas vendas!

O que é um lead

Um lead é um cliente em potencial. É um visitante que acessa seu site e deixa informações de contato (nome, telefone, email, etc), para sua empresa voluntariamente. Com isso, inicia-se um relacionamento que, se cultivado de forma eficiente, pode resultar em vendas. 

Porém, de modo geral, o lead não fornece suas informações gratuitamente. O lead deve receber algo em troca: um desconto, um brinde, uma newsletter, um e-book sobre um assunto relevante, etc. Ou seja, o usuário preenche um formulário em seu site, blog, perfil nas redes sociais ou landing pages e recebe um benefício

A boa notícia é que, quando isso acontece, é sinal de que ele já tem algum interesse pela sua empresa, produto ou serviço, mesmo que ainda não tenha finalizado uma compra efetivamente.

E, a partir de agora você pode se aproximar de maneira mais direta, enviando bons conteúdos para que, no futuro, ele se torne um cliente.

O problema é que muitas empresas ainda não sabem o que fazer com esses dados e como abordar o lead de maneira correta. 

Lead X Visitante

Essa é uma dúvida frequente entre as pessoas que começam a se aventurar no Marketing Digital. Pois bem, um lead é alguém que, depois de realizar a ação, fornece seus dados de contato para que o relacionamento continue e gere um bom negócio.

Já o visitante, é alguém que apenas entra no seu site, dá uma espiada e vai embora sem deixar seus contatos e com grandes chances de nunca mais retornar. 

A importância da geração de leads

Como você já deve estar imaginando, os leads permitem que sua empresa tenha um banco de dados dos potenciais clientes. E, essas informações, quando bem analisadas, permitem que você entenda quem são esses clientes, o que eles querem, o que não sabem e o que eles gostariam de aprender dentro da sua área de atuação.

Com isso em mãos, é possível trabalhar o posicionamento da marca. Enviar e-mails marketing, ofertas e conteúdo adequados e até mesmo desenvolver produtos e serviços que realmente sejam relevantes, impulsionando as vendas.

No mais, quando você utiliza trafego pago, anunciando em uma plataforma de anúncios como Google Ads, pode até realizar campanhas segmentadas. Porém, o usuário não solicitou o recebimento daquela informação, e isso pode fazer com que ele se sinta desconfortável ao recebê-la. Mas isso não acontece com um lead. 

Quando o trabalho é bem feito, é possível manter um relacionamento duradouro e uma base de clientes sempre em crescimento, favorecendo a expansão do seu negócio. 

Como fazer a geração de leads

Agora que você já sabe o que é lead e qual a importância da geração de leads, deve estar se perguntando como tornar isso possível na sua empresa, certo? Mas a resposta é simples: conteúdo relevante para cada fase do funil de vendas.

A melhor forma de promover a geração de leads é oferecer aos visitantes que chegam ao seu site e blog conteúdos interessantes e que eles desejem ter acesso.

Esses materiais são como “iscas” para que você inicie um relacionamento com os leads. 

Assim, ebooks, webinars, consultorias, planilhas, templates e infográficos, são bons exemplos de materiais que podem ser acessados pelos usuários em troca de informações para cadastro.

Sabendo como contatar estes leads, é possível conduzi-los em uma jornada de compra enviando novos conteúdos personalizados de acordo com cada perfil. Desta forma, o lead percorre o funil de vendas até que realize sua primeira compra e se torne um cliente.

O caminho entre tornar um simples visitante em um cliente fiel dos seus produtos ou serviços, tem relação direta com a geração de leads e com a qualidade do conteúdo ofertado durante a jornada de compra. 

Quer gerar leads de qualidade? Fale com quem entende do assunto

Embora a geração de leads não seja algo muito complicado, essa é uma estratégia que tem melhores resultados quando realizada por uma equipe de profissionais capacitados.  

Assim, contratar uma agência especializada é ter a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E por aqui, na Tecno Content, podemos montar um plano de ação para  o seu negócio. Venha conversar com a gente! 

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados ao Marketing Digital, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui.

Funil de vendas no marketing digital

Já falamos aqui no blog sobre o tráfego pago para pequenos negócios e hoje, neste nosso novo conteúdo, vamos te mostrar como desenvolver um funil de vendas para tráfego pago que realmente funcione.

Confira nossas dicas e faça seu negócio decolar!

O que é funil de vendas

Para começar, é bom que você saiba que funil de vendas, também chamado de pipeline, é o nome dado ao modelo estratégico que mostra a jornada do cliente do primeiro contato com a sua empresa até a concretização da venda. Ou seja, ele é uma representação do caminho que o cliente faz até fechar o negócio e compartilhar sua experiência com seus amigos e familiares.

Qualquer empresa que faça uso do marketing digital pode aumentar suas vendas usando um funil de vendas. Esse, por sua vez, é dividido em três partes, as conhecidas etapas da jornada de compra. São elas: topo, meio e fundo.

Etapas do funil de vendas

1. Topo do funil

É a parte superior. Ela corresponde ao estágio em que os esforços de marketing são direcionados a um cliente em potencial que não conhece seu negócio, serviço ou marca. 

Aqui, você deve focar na apresentação do que você oferece. Isso é feito de várias maneiras como, por exemplo, por meio de publicidade em redes sociais que seu público-alvo costuma visitar e patrocínio de eventos locais.

2. Meio do funil

Nesta etapa o objetivo é levar o potencial cliente à sua página de destino, e, em seguida, convencê-lo a fornecer alguns dados em troca de conteúdo ou uma oferta, como um e-book ou uma consultoria gratuita, por exemplo.

Estratégias interessantes para esta etapa são: 

  • Marketing de conteúdo;
  • Redes sociais;
  • E-mail marketing automatizado;
  • SMS marketing.

Dessa forma, o usuário se transforma em um lead e é conduzido para a próxima etapa.

3. Fundo de funil

É onde um cliente em potencial decide comprar seu produto ou serviço

Os clientes que já estão na etapa de fundo de funil de vendas precisam de uma motivação final para concretizar a compra. Então, é o momento de dar aquele empurrãozinho e oferecer um frete grátis, um desconto maior ou um brinde.

Como montar um funil de vendas

Veja a seguir o passo a passo de como montar um funil de vendas que converte.

1. Determine qual produto ou serviço você vai oferecer

Na hora de escolher o produto ou serviço que você vai oferecer aos seus clientes em potencial, avalie os seguintes aspectos:

  • Custo e forma de pagamento;
  • Formato (digital ou físico);
  • Forma de entrega;
  • Componentes, ou seja, tudo o que o seu produto inclui.

2. Defina quem é a persona que vai consumir a oferta

Depois de saber o que você quer vender, é hora de definir para quem.

Trace um perfil com informações como:

  • Idade;
  • Gênero;
  • Onde mora;
  • Estado civil;
  • Interesses;
  • Profissão;
  • Desejos;
  • Necessidades.

Tente ser bastante detalhista, só assim será possível entender como se comunicar da melhor forma possível com seu cliente ideal.

3. Crie sua oferta e uma landing page

A landing page é uma página integrada ao site do seu negócio, que possui uma oferta, suas vantagens e também um formulário para que o usuário possa se cadastrar e receber o que você ofertou.

Ela deve conter:

  • Um título claro do brinde que você está oferecendo;
  • Quatro a cinco benefícios de sua oferta;
  • Um lugar onde o cliente em potencial possa colocar o nome, e-mail e telefone.

O objetivo da sua oferta é atrair a atenção e o interesse de clientes em potencial, fornecendo algo valioso. Isso vai motivá-los a avançar ao longo do funil.

4. Automatize fluxos de e-mail e/ou mensagens

Depois que um cliente em potencial se inscrever para receber sua oferta, enviando suas informações de contato, ele deve receber conteúdos de boas-vindas, mensagens com estudos de caso, prova social, depoimentos, promoções e mais.

Para isso, você pode utilizar um software de automação de marketing.

5. Direcione o tráfego para sua página de destino

É aqui que entra o tráfego pago, os famosos links patrocinados, que é um atalho estratégico para a sua marca ser vista e reconhecida. É por meio dele que você vai divulgar sua oferta nas redes sociais e no Google.

E para isso, será preciso um investimento monetário em plataformas de tráfego (Facebook Ads,  Google AdsYoutube AdsLinkedIn Ads, etc), para que seus anúncios apareçam para aqueles clientes em potencial.

O tráfego pago é uma ótima ferramenta para a conversão de mais clientes. Lembrando que conversão nada mais é do que a porcentagem das pessoas que acessam sua página e se inscrevem em sua oferta, entrando em seu funil.

6. Avalie seu funil de vendas

À medida que o tráfego cresce, é importante avaliar como sua página de destino converte e qualifica visitantes.

Quando criado corretamente e utilizado com uma boa estratégia de tráfego pago, o funil de vendas aumenta o volume de leads qualificados, a visibilidade do seu negócio e claro, a sua receita.

Conclusão

Na atualidade, se você deseja ter sucesso no seu negócio físico ou digital, o funil de vendas é essencial.

Mas para conseguir os melhores resultados, é importante contratar uma agência especializada em tráfego pago como a Tecno Content. Dessa forma, você terá a certeza que o trabalho será feito de forma planejada e estratégica, visando atingir os melhores resultados para a sua empresa.

E para ficar ainda mais por dentro desse e de outros assuntos relacionados, continue acompanhando nosso blog, temos sempre novidades por aqui. 

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.CONTINUAR E FECHAR